Checklist: Confira tudo o que você precisa para abrir sua franquia ainda este ano

By Leave a comment
Checklist: Confira tudo o que você precisa para abrir sua franquia ainda este ano

Abrir uma franquia pode não ser um processo tão simples, principalmente para franqueados de primeira viagem. Existe uma série de etapas que vai desde a escolha do segmento de atuação, a seleção da franqueadora, a negociação, até a loja estar aberta de fato. Para auxiliar a você ter uma visão macro de cada passo, confira esse checklist com tudo o que você precisa para abrir a sua franquia ainda este ano. Vamos lá!

1. Faça as contas

Defina o seu orçamento. Antes de qualquer coisa, é preciso que o franqueado saiba exatamente o quanto tem à disposição para arcar com o investimento inicial.

Você também precisa se preocupar em separar uma parcela para cobrir gastos emergenciais, imprevistos e, claro, definir se o valor para cobrir os seus custos pessoais sairá como um pró-labore mensalmente (impactando no tempo e retorno do investimento) ou de uma fonte externa.

O ideal é fazer uma simulação do capital necessário em uma planilha e verificar se irá precisar de complementos, simulando os gastos de acordo com a franquia do seu interesse.

2. Estude a fundo o segmento que deseja investir

Um erro cometido por candidatos a franqueados é analisar unicamente tendências macro do mercado e esquecer de pesquisar o panorama do segmento. Imagine o seguinte cenário: você resolveu investir numa franquia de maquiagem depois de analisar o bom desempenho do setor de estética nos últimos anos. Acontece que as franquias de maquiagens não necessariamente acompanham o arranque do mercado esteticista. Portanto, o correto é se debruçar ao máximo possível no segmento específico que pretende investir, consultando órgãos confiáveis como a ABF – Associação Brasileira de Franquias.

3. Escolha a franquia

Agora é o momento de escolher dentro do segmento qual a franquia que se encaixa justamente nas duas primeiras etapas citadas. A partir da seleção, obtenha o máximo de informações sobre há quanto tempo está no mercado, qual a taxa de mortalidade qual a margem de lucro estimada e o que mais for relevante para auxiliar na decisão.

4. Assista à apresentação inicial

Normalmente, as franqueadoras possuem um site específico para novos franqueados em que detalham informações sobre a franquia. Para demonstrar interesse, preencha o formulário de cadastro e aguarde contato. A franqueadora fará uma apresentação inicial do negócio e analisará o seu perfil.

5. Participe da reunião presencial

Sendo aprovado, a franqueadora fará uma reunião presencial para explicar como funciona o processo de abertura da franquia. Nesse momento você entenderá melhor como será o passo a passo para empreender, o que é responsabilidade de cada um, etc.

6. Analise a COF

Caso tudo ocorra sem imprevistos, a empresa irá marcar mais um encontro para que você receba a Circular de Oferta de Franquia (COF). A COF é um documento previsto na lei Nº 8.955/94, que regulamenta o franchising no Brasil. Nela constam dados com todos os direitos e obrigações tanto da franqueadora quanto do franqueado. Este é um bom momento para entrar em contato com atuais franqueados para entender o desempenho da franquia, bem como tirar todas as dúvidas que possam surgir a respeito do processo, já que no próximo passo você terá de assinar o pré-contrato.

7. Assine o pré-contrato

Algumas franquias elaboram um pré-contrato para confirmar se o candidato está decidido a abrir uma nova unidade. Neste documento, candidato a franqueado e franqueadora expressam sua intenção de assinar um contrato definitivo, conforme o estabelecido na Circular de Oferta da Franquia, enquanto não existe um contrato de locação do ponto comercial onde funcionará a unidade franqueada.

Normalmente, o Pré-Contrato garante a exclusividade de exploração de um local ou região durante sua vigência – esse documento costuma ter prazo limitado de validade.

No momento da assinatura do Pré-Contrato, o franqueado em geral se responsabiliza pelo pagamento de parte da taxa de franquia.

8. Busque e negocie o ponto comercial

O ideal é poder contar com a orientação da franqueadora nesse momento já que a mesma tem mais experiência neste sentido, podendo dar a indicação do local mais adequado para o negócio.

Além disso, o suporte da franqueadora na negociação do ponto comercial é imprescindível para conseguir obter um bom custo de ocupação. A experiência das negociações prévias e a influência de uma marca estabelecida contam muito nessa fase.

9. Assine o contrato

Depois de assinar o contrato acontecerão as etapas de implantação do negócio. O projeto arquitetônico costuma ficar por conta da franqueadora, que também pode oferecer uma lista de profissionais terceirizados que possam auxiliar na obra.

Algumas franquias exigem que o franqueado e sua equipe participem de processos de treinamento antes da abertura do empreendimento. É uma forma da franqueadora garantir o padrão de qualidade da rede.

10. Abra a sua franquia!

Agora é o momento de abrir a sua franquia! Aqui começa o seu trabalho de gestão. Aproveite ao máximo o material que lhe foi disponibilizado, como o manual do franqueado, o plano de negócios e o sistema de gestão.

Quer entender mais detalhadamente como funciona cada etapa nas franquias da Outer.? Entre em contato com a gente!

CTA-ABRIR-FRANQUIA

Post anterior
Próximo post

Leave a Reply

Your email address will not be published.